terça-feira, 29 de março de 2011

Coleta Seletiva

Saúde e Meio Ambiente
Prefeito lança Programa de Coleta Seletiva na cidade


Em parceria com o BNDES, o programa terá investimento de R$50 milhões para dar destino adequado aos recicláveis


Foto: J.P. EngelbrechtO prefeito Eduardo Paes e o diretor da área de inclusão social do BNDES, Élvio Gaspar, lançaram na tarde desta quinta-feira, dia 24, no Palácio da Cidade, o Programa Ampliado de Coleta Seletiva na Cidade do Rio de Janeiro. Com investimentos de R$50 milhões, o projeto levará a coleta seletiva a todos os bairros cariocas até 2013.

- Isso é o começo. Na verdade, todo o lixo, todos os resíduos sólidos da cidade hoje vão parar nos aterros de Gramacho e Gericinó. Em breve, vão para o Centro de Tratamento de Resíduos, em Seropédica, que é um grande avanço. Mas, se a gente puder separar já esse lixo antes dele ir para o novo Centro de Tratamento, nós vamos dar mais qualidade ambiental para a cidade. Daqui é só avançar para que a gente possa ter de fato um percentual significativo dos resíduos da cidade indo para a reciclagem. Para isso a prefeitura precisa do apoio e da conscientização de toda a população, que precisa separar em casa o lixo orgânico do reciclável.
(Para saber mais clique aqui)  

Nenhum comentário:

Postar um comentário